É feita uma pequena bolsa gástrica, que é ligada a uma parte mais avançada do duodeno, permitindo ajudar na correção de algumas das comorbilidades do paciente